Líderes locais apresentam os desafios verdes da América do Sul no Congresso Mundial do ICLEI

Durante evento, foi anunciado que Geraldo Julio será o enviado especial para a América Latina da organização

19 de abr de 2021

Crédito: Reprodução

O lançamento virtual do Congresso Mundial do ICLEI 2021-2022 aconteceu ao longo da última semana (13 a 15 de abril), com a realização de seis painéis virtuais que reuniram diversos representantes da Rede em todo o mundo para discutir a construção de um futuro verde baseado no desenvolvimento urbano sustentável.

 

Os debates contaram com a participação de três lideranças locais e regionais da América do Sul: Geraldo Julio, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Brasil), João Campos, prefeito do Recife (Brasil) e Carolina Urrutia Vázquez, secretária de Meio Ambiente de Bogotá (Colômbia).

 

No primeiro dia, a secretária de Meio Ambiente de Bogotá participou do painel “Moldando Equitativamente Nosso Futuro Urbano Sustentável”, que discutiu os desafios que as cidades enfrentam na promoção de uma abordagem centrada nas pessoas para o desenvolvimento sustentável, trabalhando para criar comunidades saudáveis, seguras e inclusivas.

 

Urrutia falou sobre como Bogotá vem trabalhando para incorporar a sustentabilidade ao setor de transporte público, citando o alto investimento que a cidade vem fazendo em um sistema de aluguel de bicicletas. “É uma forma de causar menos impactos à qualidade do ar e também apoiar no combate à crise climática. Além disso, contribui para o esforço intenso que estamos fazendo para evitar o uso de combustíveis fósseis no sistema de transporte.”

 

Ela citou a melhora de 40% na qualidade do ar que o sistema de teleférico trouxe à capital colombiana e também ressaltou o projeto EcoLogistics, realizado em parceria com o ICLEI, que está criando estratégias para o setor de logística urbana reduzir as emissões relacionadas ao transporte de carga. 

 

Assista aqui o painel na íntegra.

 

Para falar sobre como sua gestão à frente do Recife estimulou o desenvolvimento circular e combateu a crise climática, Geraldo Julio participou do debate “Seguindo o Caminho de Desenvolvimento Circular para Cidades Sustentáveis”. O ex-prefeito citou o plano “Recife 500 Anos”, que planeja a cidade até 2037 tendo como base a sustentabilidade e a economia verde, e trouxe exemplos de melhorias urbanas realizadas no território da cidade, como o Parque Capibaribe, a expansão de ciclovias e do aluguel de bicicletas e o programa de upcycling “Recicla Mais”, que estimula as comunidades a produzirem utensílios domésticos a partir da reciclagem.

 

Veja aqui a fala completa de Geraldo Julio durante o debate.

 

Recentemente, o ICLEI apresentou sua estratégia e plataforma global para acelerar o desenvolvimento circular em cidades e regiões: o ICLEI Circulars. Conheça!

 

Assista aqui o painel na íntegra.

 

Um debate sobre a importância do desenvolvimento neutro do clima para um mundo urbano sustentável encerrou a primeira etapa do Congresso Mundial do ICLEI. O painel contou com a participação de diversos prefeitos e prefeitas do mundo, entre eles João Campos, prefeito do Recife, que expôs a experiência da cidade na agenda climática.

 

“Temos ampla experiência e vocação para lidar com a questão climática”, iniciou Campos. “Atualmente, o Recife vem implementando ações importantes para se obter um bom resultado no combate às mudanças climáticas.”

 

Recentemente, através da participação no projeto Urban-LEDS II, a capital pernambucana elaborou e atualizou importantes documentos climáticos como o Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa, a Análise de Riscos e Vulnerabilidades e o Plano Local de Ação Climática. “Poucas cidades brasileiras possuem esse conjunto de estudos, que possibilita um bom diagnóstico para a ação climática.”

 

O prefeito ressaltou ainda a necessidade do financiamento chegar aos governos locais, citando exemplos como o LEDS Lab, laboratório que auxilia na construção de projetos climáticos financiáveis e que está apoiando a cidade a transformar a geração de energia no Hospital da Mulher em fotovoltaica.

 

“Para financiar ações de impacto local, é preciso investir em uma equipe técnica bem preparada, com capacidade de elaboração de projeto e de preferência com experiência internacional”, afirmou o prefeito.

 

Assista aqui o painel na íntegra.

 

Geraldo Julio, enviado especial do ICLEI para a América Latina

 

Realizado previamente à abertura do evento, uma reunião do Comitê Executivo Global (GexCom) do ICLEI exclusiva para associados da Rede definiu a nova governança global da organização (mais informações em breve) e também escolheu Geraldo Julio como o enviado especial do ICLEI para a América Latina.

 

“Eu tenho o prazer de ser o enviado especial para a América Latina para que a gente some esforços e unifique o discurso de redução das emissões e enfrentamento a essa emergência climática que o planeta vive e, também, que haja projetos implantados em toda essa região. Trabalhamos sempre com o compromisso/ação e queremos chegar muito fortes para a COP-26 (Conferência das Partes da ONU, prevista para acontecer em novembro deste ano, em Glasgow, na Escócia) com a voz regional de todos os governos locais, somados aqui na América Latina. Então, só tenho que agradecer essa oportunidade”, destacou Geraldo Julio.

 

O novo enviado especial também fez um balanço positivo do trabalho realizado como presidente do ICLEI América do Sul. “Temos hoje colaboradores trabalhando em quatro escritórios na América do Sul, sendo um regional e os demais no Brasil, na Argentina e na Colômbia. Ter essa organização em três países é uma grande conquista”, afirmou.

 

Próximos passos do Congresso Mundial do ICLEI

 

O Congresso Mundial do ICLEI seguirá até 2022 com uma série de encontros virtuais – o Caminho para Malmö – culminando na Cúpula de Malmö, evento que terá três dias de programação, apresentando diálogos estratégicos de alto nível com base em temas explorados em 2021, bem como visitas técnicas, workshops e oportunidades de networking, a ser realizado presencialmente em uma cidade que vem liderando uma transformação sustentável e equitativa.

 

Saiba mais sobre a Cúpula de Malmo.