Governos Locais advogam pelo reconhecimento da ação climática local na COP21

Durante as duas semanas, diversas iniciativas como o Compacto de Prefeitos e o Programa de Ações Transformadoras (TAP) foram destaques das sessões no Pavilhão.

13 de dez de 2015

Reprodução

A Conferência Climática de Paris, ocorrida nas primeiras duas semanas do mês de dezembro, foi um momento de bastante esforço por parte de Cidades do mundo todo, que demonstraram sua liderança e capacidade por meio de diversas iniciativas. O Pavilhão de Cidades e Regiões na Conferência Climática em Paris, sediado pelo ICLEI com as Cidades de Paris e Bristol, reuniu as Cidades para debater oportunidades e o futuro das ações climáticas locais no cenário global. Durante as duas semanas, diversas iniciativas como o Compacto de Prefeitos e o Programa de Ações Transformadoras (TAP) foram destaques das sessões no Pavilhão.

Paralelamente à COP21, contamos com a maior convocação global de prefeitos, governadores e líderes locais por meio da Cúpula Climática para Líderes Locais, que teve como anfitriões a Prefeita de Paris, Anne Hidalgo e Michael Bloomberg, enviado especial do Secretário-Geral da ONU para Cidades e Mudanças Climáticas.
Os anfitriões da Cúpula para Líderes Locais, realizada na Prefeitura de Paris, no dia 4 de dezembro, enfatizaram o poder dos governos locais, que possuem uma forte base de conhecimento sobre as questões climáticas e devem compartilhar ideias e boas práticas para garantir que as cidades criem ambientes melhores e mais resilientes para seus cidadãos.

Park Won Soon, Prefeito de Seul, Coreia do Sul e Presidente do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade também participou da Cúpula e reforçou o papel das redes de governos locais e regionais para atingir as metas de sustentabilidade. Ele ressaltou aos participantes para “ter em mente o ditado, ‘pense globalmente, atue localmente”, que soa de forma poderosa em um evento que destaca o poder e o potencial das ambições climáticas locais em meio as negociações internacionais em curso em Paris.

O ICLEI também participou do ‘Dia da Ação’ do Alto Nível da Conferência Climática, onde o Prefeito Park Won Soon, apresentou a Declaração do ICLEI aos Ministros da COP21.
Em sua participação, o Prefeito chamou a atenção das Cidades para os compromissos estabelecidos na Declaração do ICLEI e também o exemplo da Cidade de Seul como pioneira em se tornar mais sustentável. Park demonstrou como a Cidade de Seul lidera pelo exemplo, apresentando sua meta ambiciosa de reduzir 10 milhões de toneladas de carbono até o ano de 2020, como parte da Declaração de Seul, anunciada no Congresso Mundial do ICLEI em Seul, no último mês de abril.

Park concluiu seu discurso com um forte apelo à ação: “Nós podemos superar a crise da mudança climática que estamos enfrentando, por meio da intensificação da conexão entre as cidades. Precisamos acabar com o tempo de abundância e iniciar uma otimização do uso de recursos. Se caminharmos juntos, um novo caminho se abre, e se sonharmos juntos, o sonho se tornará realidade. Vamos caminhar juntos este caminho para transformar a crise em uma oportunidade.”

Por fim, através da Declaração, o Comitê Executivo Global do ICLEI e o Conselho de membros, endossaram a Declaração da Prefeitura de Paris da Cúpula Climática para Líderes Locais e da Declaração de Ação de Paris da Agenda de Ação Lima-Paris (LPAA) de Cidades e do Grupo de Trabalho Subnacional.