Fortaleza lança Política de Baixo Carbono e se compromete com o Compacto de Prefeitos

O encaminhamento da Política de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono representa um momento muito importante, que oficializa as ações conduzidas pela SEUMA

11 de nov de 2015

Reprodução

A Cidade de Fortaleza, por meio de sua Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA), apresentou, hoje (11), aos representantes do Fórum Municipal de Mudanças Climáticas da Cidade (FORCLIMA), sua Política Municipal de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono. O lançamento foi muito bem recebido pelos presentes que chegaram ao Salão de Atos do Paço Municipal por volta das 14h. O Prefeito Roberto Cláudio assinou a Política, que agora segue para a Câmara Municipal de Vereadores.

A elaboração da base da Política foi realizada com a participação do FORCLIMA, ao longo do ano de 2015, durante o desenvolvimento do Plano de Ação de Baixo Carbono da Cidade. Este processo teve como base a Política Ambiental do Município de Fortaleza e seu 1º Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa, realizado no âmbito do projeto Urban LEDS.

O Plano e a Política de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono focam em setores que representam um maior potencial de emissões de gases de efeito estufa no Município, como o Setor de Transporte e de Resíduos, em medidas para redução dessas emissões e na promoção do desenvolvimento sustentável na cidade.

O encaminhamento da Política de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono representa um momento muito importante, que oficializa as ações conduzidas pela SEUMA ao longo dos últimos dois anos, desde o início da implementação do projeto Urban LEDS (Promovendo Estratégias de Desenvolvimento Urbano de Baixo Carbono), financiado pela Comissão Europeia e implementado pelo ICLEI e ONU Habitat. Fortaleza é uma das Cidades Modelo, ao lado do Recife, selecionada para participar do projeto global no Brasil e testar a metodologia Green Climate Cities, que recomenda uma série de ações como o engajamento de lideranças, a criação de Fóruns de Mudanças Climáticas e a elaboração de inventários de gases de efeito estufa.

Compacto de Prefeitos

Outro passo importante tomado pela Prefeitura de Fortaleza foi o comprometimento com o Compacto de Prefeitos. Às vésperas do início da 21ª Conferência Climática das Nações Unidas, onde países do mundo inteiro se reunirão para se chegar a um acordo climático global, o Prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, se une a líderes municipais do mundo inteiro para fortalecer o enfrentamento às mudanças climáticas.

O Compacto é a maior coalizão global de Prefeitos e líderes municipais para enfrentamento às mudanças climáticas por meio de compromissos voluntários com a redução de emissões de gases de efeito estufa, monitoramento de seus avanços e preparação para lidar com os impactos das mudanças climáticas. Liderado pelas redes globais de cidades C40, ICLEI e CGLU, o Compacto conta com importantes apoiadores: Michael Bloomberg, como Enviado Especial do Secretário-Geral da ONU sobre Cidades e Mudanças Climáticas e o ONU Habitat.