Fortaleza cria Comitê Gestor Local de Autoridades Municipais através do projeto Urban LEDS

"Vamos usar como exemplo de sustentabilidade os carros e obras da administração municipal, medindo a emissão de carbono e dando exemplo para o mundo", afirmou o prefeito.

06 de maio de 2014

Thiago Gaspar

A Prefeitura de Fortaleza criou, nesta sexta-feira (25/4), um Comitê Gestor Local de Autoridades Municipais, com o objetivo de discutir planos, ações e programas relacionados à emissão de gases que provocam o efeito estufa. O prefeito Roberto Cláudio assinou a portaria de criação da comissão em seu gabinete no Paço Municipal.

“Vamos usar como exemplo de sustentabilidade os carros e obras da administração municipal, medindo a emissão de carbono e dando exemplo para o mundo”, afirmou o prefeito. A titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Águeda Muniz, destacou a importância da educação ambiental. “Essa reunião já faz parte da nova política pública de meio ambiente da Prefeitura. Pedimos o compromisso e o trabalho em conjunto de todos os envolvidos para garantir bons resultados”, disse.

A iniciativa, que está sendo colocada em prática pela Coordenadoria de Políticas Ambientais da Seuma, faz parte do Projeto Estratégias de Desenvolvimento de Baixo Carbono (Urban Leds), implementado pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade e pelo ONU-Habitat.

O gerente de mudanças climáticas do ICLEI, Igor Albuquerque, disse que a organização vai fornecer todo o aporte técnico e metodológico necessário para o desenvolvimento do projeto na cidade. “Fortaleza e Recife foram as únicas cidades do Brasil escolhidas como cidades-modelo pelos seus grandes potenciais dentro deste tema. O avanço das mudanças no clima trará grandes implicações para a população mundial e devemos nos preocupar de agora”, finalizou.

Dentre os participantes do Comitê estão a Vice-Prefeitura de Fortaleza, Seuma, Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel), Secretaria de Finanças do Município (Sefin), Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf).

Fonte: Prefeitura de Fortaleza


Voltar
Compartilhe