Conselho ICLEI e Comitê Executivo Global Adotam Declaração do ICLEI aos Ministros da COP21

No dia 6 de dezembro de 2015, em reunião na Prefeitura de Paris, a Declaração do ICLEI aos Ministros na COP21 foi aprovada por unanimidade

07 de dez de 2015

Reprodução

No dia 6 de dezembro de 2015, em reunião na Prefeitura de Paris, a Declaração do ICLEI aos Ministros na COP21 foi aprovada por unanimidade pelo Conselho ICLEI e por seu Comitê Executivo Global (GexCom).

A Declaração encoraja todas as Partes a acabarem com o legado de uma era dependente de combustíveis fósseis, transformarem modelos de desenvolvimento, baseados em 100% de energia renovável e com uma economia circular, desenvolverem modelos de governança inovadores em um novo Mundo Urbano e mobilizarem recursos adicionais para a mitigação das mudanças climáticas, adaptação, perdas e danos.

Por meio da Declaração, o ICLEI aponta que cerca de 50% das Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas (INDCs) referem-se aos governos locais e subnacionais e chama a atenção para os Ministros elevarem o nível de ambição com uma série de 10 ações.

Com base na Declaração de Seul e no Plano Estratégico 2015-2021, o ICLEI se compromete a intensificar a ação climática local e promover a integração com diferentes agendas da sustentabilidade, se conectar e engajar com os governos e as partes interessadas para mobilizar o compromisso político e de ação em direção a um desenvolvimento humano favorável ao clima, assim como facilitar a transparência e responsabilidade nas ações municipais e nos governos através do Registro Climático carbonn. O ICLEI também visa empoderar e promover ações climáticas transformadoras por meio do Programa de Ações Transformadoras (TAP), o qual 125 candidatos já têm demonstrado iniciativas ambiciosas, transversais e inclusivas como parte do programa-piloto de 2015.

Por fim, através da Declaração, o Comitê Executivo Global do ICLEI e os membros do Conselho, endossaram a Declaração da Prefeitura de Paris da Cúpula Climática para Líderes Locais e a Declaração de Ação de Paris da Agenda de Ação Lima-Paris (LPAA) de Cidades e do Grupo de Trabalho Subnacional.

Veja a Declaração completa aqui.