56 Cidades se Comprometem com o Compacto de Prefeitos

O Compacto é a maior coalizão global de Prefeitos e líderes municipais para enfrentamento às mudanças climáticas

13 de abr de 2015

Reprodução

De Belo Horizonte (Brasil) a Johanesburgo (África do Sul), de Paris (França) a Seul (Coreia do Sul), cidades ao redor do mundo estão demonstrando liderança coletiva para enfrentar as mudanças climáticas. Durante o Congresso Mundial ICLEI 2015, essas e outras 32 cidades intensificaram seu compromisso com a ação climática, declarando que cumprirão os critérios de conformidade do Compacto de Prefeitos. O Compacto é a maior coalizão global de Prefeitos e líderes municipais para enfrentamento às mudanças climáticas por meio de compromissos voluntários com a redução de emissões de gases de efeito estufa, monitoramento de seus avanços e preparação para lidar com os impactos das mudanças climáticas. Liderado pelas redes globais de cidades C40, ICLEI e CGLU, o Compacto conta com importantes apoiadores: Michael Bloomberg, como Enviado Especial do Secretário-Geral da ONU sobre Cidades e Mudanças Climáticas e o ONU Habitat.

“Uma das maneiras mais eficazes das cidades combaterem às mudanças climáticas é o Compacto de Prefeitos”, disse Michael R. Bloomberg, Enviado Especial do Secretário-Geral da ONU sobre Cidades e Mudanças Climáticas. “O Compacto reflete o compromisso que as cidades estão adotando para reduzir as emissões de carbono e o papel crucial que desempenham na criação de um futuro mais saudável. Enquanto as nações se reúnem para negociar um acordo climático global no final deste ano, o Compacto de Prefeitos prova que a cooperação internacional sobre mudanças climáticas pode gerar grandes resultados.”

Lançado na Cúpula Climática da ONU em 2014, o Compacto estabelece uma plataforma comum para ação e monitoramento do impacto das ações coletivas das cidades por meio da relatoria padronizada, consistente e pública de seus esforços. Para fazer parte da iniciativa, as cidades devem informar seu compromisso com a mitigação e adaptação às mudanças climáticas, e passar a reportar suas metas, riscos enfrentados, análise de vulnerabilidades, inventários de emissões de GEE (no padrão global GPC), e planos de ação. Os dados reportados serão centralizados na reconhecida plataforma de relatoria Registro Climático carbonn. Mais informações podem ser encontradas no recém-lançado website do Compacto de Prefeitos: compactofmayors.org 

“Como eu gosto de dizer: “Pensar global, agir local”. Eu acredito fortemente que as ações precisam vir das cidades. Somos a linha de frente quando se trata de mudanças climáticas. Através da adoção do Compacto de Prefeitos, Montreal se compromete com outras cidades líderes de todo o mundo a lutar por um ar limpo, um planeta mais verde, um futuro sustentável melhor,” disse Denis Coderre, Prefeito de Montreal, no Canadá.

“A Cidade de Paris apoia o Compacto de Prefeitos lançado pelo ICLEI, C40, e CGLU. Com meus amigos Michael Bloomberg, Eduardo Paes e Park Won-soon, estamos a bordo para COP21 em Paris”, disse Anne Hidalgo, Prefeita de Paris, França.

Essas 36 Cidades se juntaram ao primeiro grupo de 20 cidades latino-americanas, que se comprometeram com Compacto no Fórum de Prefeitos Latino-Americanos do C40, em Buenos Aires.

À ocasião, o Prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, o Prefeito de Cidade do México, Miguel Mancera, e o ex-Presidente do México e Presidente da Comissão Mundial sobre Economia, Felipe Calderón, se juntaram ao Presidente do C40 e Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para anunciar a Declaração das Cidades da América Latina sobre o Compacto de Prefeitos.

“Ao tomar essas medidas decisivas aqui, hoje, as cidades latino-americanas estão liderando a condução de ações urbanas que reduzem as emissões de gases de efeito estufa e os riscos climáticos, enquanto promovem saúde, bem-estar e oportunidades econômicas aos cidadãos”, disse o presidente do C40 e Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

A lista completa de Cidades que anunciaram sua intenção em aderir ao Compacto de Prefeitos durante os dois eventos inclui:

  • Assunção (Paraguai), Belo Horizonte (Brasil) Bogotá (Colombia), Buenos Aires (Argentina), Cali (Colômbia), Caracas (Venezuela), Chihuahua (México), Córdoba (Argentina), Curitiba (Brasil), Cidade do México (México), Fortaleza (Brasil), Itu (Brasil), La Paz (Bolívia), Lima (Peru), Medellín (Colômbia), Panamá (Panamá) Quito (Equador), Recife (Brasil), Rio de Janeiro (Brasil), Santiago (Chile), São Domingo (República Dominicana), São Paulo (Brasil), São Rafael de Heredia (Costa Rica), Tegucigalpa (Honduras) Temixco (México), Toluca (México), Valparaíso (Chile)
  • Seul (Coreia do Sul), Catbalogan (Filipinas), Cidade de Quezon (Filipinas), Santa Rosa (Filipinas), Sebarang Parai (Indonésia), Balikpapan (Indonésia), Bogor (Indonésia), Gwallor (Índia), Shimla (Índia), Tarakan (Malásia), Melbourne (Austrália), Rajkot (Índia), Singra (Bangladesh)
  • Montreal (Canadá), Vancouver (Canadá), Des Moines (EUA), Boulder (EUA)
  • Vaxjö (Suécia), Paris (França), Friburgo (Alemanha), Seriferisar (Turquia), Bristol (Reino Unido)
  • Johanesburgo (África do Sul), Durban (África do Sul), Cape Town (África do Sul), Dakar (Senegal), Porto Elizabeth (África do Sul), Municipalidade de Stanger (África do Sul), Pretoria (África do Sul)