Portal de Ação Climática para Capturar e Catalisar Ações em Apoio ao Acordo de 2015

O portal almeja demonstrar as ações estratégicas que estão sendo realizadas por atores não-estatais, individualmente ou como parte de uma cooperação

11 de dez de 2014

Reprodução

No dia 11 de dezembro, a Presidência Peruana da COP 20 da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas lançou um portal online disponibilizando as ações que cidades, empresas, estados, regiões e investidores estão realizando para combater as mudanças climáticas.

O portal almeja demonstrar as ações estratégicas que estão sendo realizadas por atores não-estatais, individualmente ou como parte de uma cooperação. O portal disponibiliza diversos dados de ações climáticas, muitas das quais foram fornecidas pelo Registro Climático carbonn do ICLEI, a plataforma mundial líder em relatoria para ações climáticas locais e subnacionais. Outros dados fazem parte de outras plataformas de relatoria, relatórios de sustentabilidade e compromissos individuais.

O lançamento do portal NAZCA acontece não muito depois da bem sucedida Cúpula Climática em Nova Iorque em Setembro, na qual foram realizados inúmeros anúncios de ações climáticas por governos locais e subnacionais – incluindo cidades, empresas, estados, regiões e investidores. O portal NAZCA disponibilizará todas essas ações de forma conjunta para prover uma compreensão clara do nível de ação climática que está sendo implementada.

Manuel Pulgar Vidal, Presidente da COP20 e Ministro de Meio Ambiente do Peru, disse hoje, que acredita que o novo portal irá ativar a ambição e confiança.

“Estamos muito contentes por estar contribuindo com esta maneira de mostrar a impressionante escala de ações por cidades, estados, regiões, empresas e outros, de uma forma que irá reforçar sua urgência no processo até a COP 21. Muito da ambição demonstrada aqui servirá de inspiração para o que pode ser alcançado, que é a razão de termos nomeado o portal de NAZCA. As linhas de Nazca simbolizam a criatividade e a visão que mais de 190 países precisarão para finalizar um forte acordo em 2015. Essas linhas antigas carregam um significado para as pessoas dessa região, mas também para todas as pessoas do mundo, já que olhamos o passado para informar o presente e inspirar um novo e melhor futuro para humanidade,” ele disse.

 

David Cadman, Presidente do ICLEI, destacou: “Muitas ações disponíveis no portal são as que foram reportadas ao Registro Climático carbonn. Portanto, são ações nos níveis local e subnacional, cujas lideranças, ambições, e ações estão sendo celebradas aqui no Peru. Agora é a hora de integrar todas essas ações e assegurar o engajamento e empoderamento dos governos locais e subnacionais em Lima. É a hora de todos sermos corajosos, ambiciosos e inclusivos antes de chegarmos a um ponto do qual não haja retorno”.

Desenvolvida com o apoio da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), o portal é conectado ao Registro Climático carbonn (cCR), que abrange aproximadamente 12% da população urbana mundial para a ação climática local e subnacional. No começo dessa semana o cCR deu as boas vindas ao 500º governo local à relatar na plataforma – Bristol, UK – aumentando o número para mais de 5,000 ações de adaptação e mitigação climática, 1,000 compromissos climáticos e energéticos e 2.28 gigatons de emissões de GEE. O cCR também foi designado como o base de dados central para ações climáticas locais e subnacionais do recém lançado Compacto de Prefeitos. O Compacto é a maior colaboração entre prefeitos e representantes de cidades para aceleração da ação climática.

Essa nova conexão entre o cCR e o NAZCA também apoia a agenda do Mapa do Caminho dos Governos Locais pelo Clima, um processo de articulação climática liderado pelo ICLEI para promover o papel e encorajar o reconhecimento de governos locais e subnacionais no acordo climático pós 2020.

Christiana Figueres, Secretária Executiva da UNFCCC, disse: “O portal de Ação Climática NAZCA é um grande avanço na disponibilização de ações climáticas, e parabenizamos a Presidência Peruana por dar esse passo. A visão compartilhada aqui servirá de inspiração para o que pode ser feito, mas o portal não foi desenhado como uma listagem exaustiva de tudo o que está sendo feito por atores não estatais sobre mudanças climáticas. Mais visões serão adicionadas ao longo de 2015 no processo rumo a COP 21 enquanto cresce o momentum para um acordo em Paris.”

Délio Malheiros, Vice-Prefeito da Cidade de Belo Horizonte, Brasil, afirmou: “Ambos, a plataforma NAZCA e o Registro Climático carbonn fornecem uma base factual sobre a qual os líderes locais estão atuando e ativamente colaborando para combater as mudanças climáticas. Mas podemos fazer mais. Podemos acelerar as ações e sermos ainda mais ambiciosos. Com reconhecimento e mais acesso a recursos podemos assegurar que as ações nessas plataformas serão duplicadas, quadruplicadas e multiplicadas muitas vezes.”

Susana Villarán, Prefeita de Lima, Peru, disse: “A nova plataforma online de Atores Não Estatais para a Ação Climática é um bom exemplo do novo espírito colaborativo que está crescendo em Lima. Agora, mais do que nunca, estamos compromissados a trabalhar juntos com todos os níveis de governo para acelerar a ação climática. Em retorno, encorajamos os governos nacionais a trabalharem conosco, nos apoiarem a obter um bom resultado em Lima, o que futuramente irá delinear o sucesso do novo acordo internacional a ser adotado em Paris 2015.”

 

Visite o portal NAZCA: climateaction.unfccc.int

Leia o press release oficial da UNFCCC:http://newsroom.unfccc.int/lima/new-portal-highlights-city-and-private-sector-climate-action/

Mais informações em carbonn.org e no twitter @ICLEI_carbonn