ICLEI celebra Assinaturas ao Acordo de Paris e Dia da Terra

Líderes locais de todo o mundo destacaram o papel dos governos locais no passado, presente e no futuro do movimento global

22 de abr de 2016

Park Won Soon, Presidente do ICLEI e Prefeito de Seul, durante a Conferência Climática para Líderes Locais na COP21 em Paris, dezembro de 2015.

Líderes locais de todo o mundo destacaram o papel dos governos locais no passado, presente e no futuro do movimento global

22 de abril, Sexta-feira – Para coincidir com o Dia da Terra, representantes de governos nacionais de todo o mundo se reuniram para assinar o Acordo de Paris alcançado na COP21 em dezembro do ano passado.

Em preparação a este importante acontecimento, o ICLEI se juntou a outras redes de governos locais para mobilizar líderes locais do mundo para demostrarem seu apoio às assinaturas do Acordo de Paris. Assim, Prefeitos e cidades incentivaram líderes nacionais a participarem da assinatura e unirem-se nas mídias sociais por meio da campanha #Cities4Climate (#CidadespeloClima) e demonstrarem como as cidades estão acelerando a ação pelo clima e elevando suas ambições globalmente.

Esta mobilização reflete a crescente organização entre líderes locais ao redor do mundo para aumentar seus esforços no combate às mudanças climáticas. Esta ambição coletiva chegou ao seu ponto crucial durante a COP21, quando Anne Hidalgo, Prefeita da Cidade de Paris e Michael Bloomberg, Enviado Especial do Secretário-Geral das Nações Unidas para Cidades e Mudanças Climáticas, promoveram a Conferência Climática para Líderes Locais – o maior encontro de líderes locais comprometidos com o combate às mudanças climáticas.

Este compromisso está baseado em ações claras. Cerca de 500 cidades já fazem parte do Compacto de Prefeitos, a maior coalizão que reúne líderes ambiciosos para demonstrar o impacto coletivo da ação climática local. Durante a COP21, o Compacto anunciou que os compromissos feito pelas cidades que aderiram à iniciativa podem impactar metade do potencial de redução das emissões urbanas globais de gases do efeito estufa até o ano de 2020. Enquanto isso, 25% dos mais de 6.000 governos locais signatários ao Convênio de Prefeitos (Covenant of Mayors) na Europa estão excedendo suas ambições de mitigação da União Europeia para 2020 – e mais de 600 entidades relatoras ao Registro Climático carbonn se comprometeram a reduzir 1 gigaton de emissões até 2020.

Isto serve como uma forte lembrança de que as cidades estão liderando o caminho da mudança do clima globalmente.

O ICLEI tem sido um ator-chave para a consolidação deste momentum. Na COP21, o ICLEI ajudou a facilitar a Conferência Climática para Líderes Locais e organizou o Pavilhão de Cidades e Regiões – TAP2015, uma plataforma muito importante para a demonstração da ação local no coração da negociação climática mais importante do nosso tempo. Graças aos esforços conjuntos de líderes locais e redes de governos locais, as Cidades foram explicitamente reconhecidas como atores importantes no Acordo de Paris.

Além disso, ao longo das últimas duas décadas, o ICLEI tem estado na vanguarda da ação climática local, unindo os governos locais enquanto reforçam sua capacidade para a sustentabilidade e defendendo seu papel por mais apoio por parte dos governos nacionais e organismos internacionais. O Acordo de Paris nasceu de anos de dedicado acompanhamento e engajamento.

O Acordo de Paris também representa a conclusão bem sucedida do Caminho dos Governos Locais pelo Clima (LGCR), que, desde a sua criação em 2007, pediu aos governos nacionais o reconhecimento, engajamento e empoderamento dos governos locais no processo internacional de combate às mudanças climáticas. O ICLEI criou e liderou o LGCR em seu papel como ponto focal dos Governos Locais e Autoridades Municipais (LGMA) para a UNFCCC.

Enquanto o Acordo de Paris representa um importante e histórico passo à frente no combate às mudanças climáticas, os atuais compromissos dos governos nacionais são insuficientes para atingir os seus objetivos. Portanto, o desafio é aumentar a ambição e acelerar a ação, especialmente no aumento de financiamento ao nível local, onde as ações de mitigação já estão em andamento.

Neste Dia da Terra, o ICLEI celebra a conquista dos governos locais, a sua posição no novo acordo climático global e suas ambições para um futuro sustentável.


Voltar
Compartilhe